Tárcio X Azevêdo: o desafio sobre piso nacional dos professores

Candidato do Psol, Tárcio Teixeira questionou João Azevêdo, representante do governo nas eleições deste ano, sobre o piso nacional dos professores estaduais. O socialista continuou dizendo que “são os melhores Brasil”.

Tárcio lançou um desafio para um encontro às 7h, na Escola João Goulart. “É precisar deixar claro que o governo que ele (João) representa não paga o piso nacional”, frisou.

João Azevêdo disse que o seu oponente estava “desinformado” e pediu que verificasse a folha de pagamento. “O salário dos professores, na verdade, saiu de R$ 910,00 em janeiro de 2011, para R$ 3.036,00, valores de hoje”.