Rede de Sustentabilidade e a volta dos que não foram

A Rede de Sustentabilidade não deverá se sustentar na aliança dos partidos que gravitam em torno da candidatura do PSB ao Governo do Estado, conforme decisão anunciada no começo desta semana.

Decorrer de uma decisão da nacional da Rede, que precisa do palanque na Paraíba para a presidenciável Marina Silva, cujo companheiro de chapa é o paraibano Eduardo Jorge (PV), do mesmo partido de Lucélio Cartaxo.

Quando esta semana declarou à impensa que não dava a Rede como perdida, o presidente estadual do PV, Luciano Cartaxo, já operava para recuperar a sigla de Marina para a sua base.

Pois bem, a queda de braço já está à mesa, com os principais autores trabalhando para que não haja fratura exposta.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.