Voltando pra casa: Lígia aceita ser vice de João Azevêdo

Criticada por alguns, elogiada por outros, a vice-governadora Lígia Feliciano disse “não ter sido uma decisão fácil” trocar a pré-candidatura de governadora para, novamente, ocupar a posição de vice.

Desta vez, na chapa encabeçada pelo também socialista João Azevêdo. Entende-se, no entanto, que ela jogou bem e saiu da disputa lucrando politicamente e do mesmo tamanho que entrou na competição.

Não resistindo ao tempo, Lígia não viu outro caminho a seguir o rumo que já lhe estava reservado. Sabia que não tinha chance nenhuma no embate com candidatos muito bem postados.

Avaliou que poderia botar tudo a perder, principalmente prejudicar Damião Feliciano em sua reeleição. Então, entre mortos e feridos escapou o casal. O que ficou para trás é história a ser contada futuramente.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.