Reconhecimento a quem já faz história a bastante tempo

“Foi uma conquista de todos os que amam Campina Grande”, conforme observou o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) depois de acompanhar, de perto, o anuncio da incorporação do município ao Patrimônio Cultural Brasileiro, conforme decisão, por unanimidade, do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Deu-se durante a 87 ª do Conselho Consultivo. “Às portas de comemorarmos os 153 anos de emancipação política de Campina, a cidade registra essa importante vitória”, pontuou Romero. Ele estava ao lado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na reunião de Brasília nesta quarta-feira (28).

Os critérios que culminaram com a escolha foram: tradição, diversidade, história, além dos atributos para sua incorporação ao Patrimônio Cultural do Brasil. O senador Cássio comemorou: “Com essa decisão, teremos a Feira Central de Campina Grande, que sempre foi uma das maiores do Nordeste, como também um patrimônio cultural, de resgate da nossa história e, claro, de nossa cultural, para que o País possa conhecer”.