Previsto fim das coligações partidárias já em 2018

Ainda não está valendo, mas uma das comissões da reforma política acaba de decretar o fim das coligações partidárias, cuja norma eleitoral passará a vigorar já a partir das eleições do próximo ano. O texto original previa que começasse a ser colocada em prática em 2020, na campanha municipal.

O deputado federal Esperidião Amim (PP-SC) propôs a alteração para as eleições de 2018 e recebeu 18 votos favoráveis e 11 contrários. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) ainda precisará ser analisada no plenário da Câmara.

Caso seja mantido, ai os partidos ficarão impedido de realizar coligações nas eleições que seguem o sistema proporcional. Esse modelo hoje é usado para escolha de deputados estaduais, distritais, federais e vereadores.