Enchendo a bola de Cartaxo, Romero e Zé Maranhão

A oposição encheu-se de opção de candidatura à sucessão governamental de 2018. Além de Luciano Cartaxo (PSD), Romero Rodrigues (PSDB) e José Maranhão (PMDB), agora vem o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admitindo também ser uma alternativa. Quer dizer, se comparado a pré-candidatura oficial, os oposicionistas batem disparados.

Claro, a analise deve-se ao PIB-Eleitoral dos nomes apresentados, levando-se em consideração ao aspecto dos nomes e, também, os principais colégios eleitorais geridos pela oposição, no caso João Pessoa e Campina Grande, nesta ordem. Cássio veio à boca do palco agora a pouco e, em entrevista à Rádio Arapuan, inflamou:

“Romero e Cartaxo estão fazendo uma boa gestão e o senador José Maranhão tem uma larga folha de serviços prestados ao povo da Paraíba e, por isso, todos têm o direito de postulares a vaga ao Governo do Estado”.

Em seguida, o tucano lembrou que o PMDB deu a vitória ao governador Ricardo Coutinho no segundo turno das eleições de 2014.

Antes de pensar na hipótese de candidatura, Cássio comentou: “Nós formamos um bloco de oposição, coeso e unido e tenho a certeza de que no momento certo e oportuno saberemos escolher o melhor nome para representar e trabalhar pela Paraíba e pelo seu povo, porque o que está em jogo não é o projeto individual, onde apenas um decide por todos, mas um grupo que irá escolher o melhor e o mais importante de forma democrática, ouvindo a todos que compõe a oposição”.

Esse é o modelo que irá se confrontar com o projeto.