‘AQUI NÃO É A VENEZUELA’, ALERTA LÍDER DA OPOSIÇÃO

“Pode estar sendo criada uma milícia aqui na Paraíba”, alertou o deputado Bruno Cunha Lima (PSDB) ao tornar público na manhã desta quinta-feira (17) uma Medida Provisória enviada pelo Palácio da Redenção. Ela trata da criação de uma Guarda Militar. E questionou: “A pretexto do que?”. E complementa: “Aqui não é a Venezuela”.

Líder da bancada de oposição, Bruno disse que vai até o Tribunal de Justiça e o Tribunal do Trabalho para pedir que “sejam tomadas medidas necessárias”. E afirma que “Ricardo (Coutinho) cria uma milícia através de uma Medida Provisória”. Lembrou a escalada da violência na Paraíba e destaca que as ações governamentais “soam como convivência com a violência”.

E ensina como deve ser feito para substituir a Guarda Militar, conforme desejo do Palácio da Redenção:

“É inadmissível ter 5 mil habilitados no último concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizado em 2014 , na Paraíba, que não foram chamados, suplentes aprovados em todas as etapas do concurso, e o Governo desconsidera, espera o prazo do concurso acabar para criar uma verdadeira milícia”.

O argumento para a ação governamental é que a Guarda Militar existe em vários estados. Porém, isso foi considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF)