A fé de Antônio Mineral que quer mover montanha

“Vou esperar pela reforma política”, informou o deputado Antônio Mineral (PSDB), quando questionado sobre o seu futuro partidário. A julgar pelo compromisso assumido recentemente com o governador Ricardo Coutinho, o parlamento tucano recuou da decisão de trocar o ninho pelo jardim girassóis.

Além da reforma política, Mineral acredita que na discussão das mudanças, também entre em pauta o adiamento das eleições de 2018. “É neste posicionamento que tenho depositada a minha maior fé”, destacou sem levar em consideração a desconfiança do povo brasileiro com a atual composição do Congresso Nacional.

Mineral vê como uma necessidade a mudança de partido, “mas precisamos esperar pelos resultados das decisões políticas (…) É nelas que estamos focados”, arrematou.

Com tanta fé assim, o deputado Mineral vai acabar movendo montanhas.