TATIANA CORREA É A VERSÃO SÉRGIO CABRAL

A ex-prefeita de Conde, Tatiana Correa, é a versão feminina do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral. Também gosta de joias. Com uma diferença: Cabral comprova as peças para lavar dinheiro da corrupção. Já Tatiana, que também é Lundgren, as adquiria e o pagamento era efetuado com cheques sem fundo.

O sempre atento Suetoni Souto Maior, em sua coluna, foi buscar a informação nas investigações do Ministério Público da Paraíba. Em seu noticiário, está escrito: “Ela (Tatiana) é cobrada judicialmente pela compra de R$ 238.250,00 em joias com cheques sem fundo.”

E o pior, prossegue: “Todos os cheques emitidos para o pagamento da dívida, sem devido saldo, foram emitidos por acusados de envolvimento com outros negócios supostamente escusos cometidos pela ex-gestora”.

No linguajar policial costuma-se dizer: a casa caiu.