Para salvar Aécio, tucanos devem se aquietar no Governo

A data-limite para o desembarque da base do Governo Michel Temer seria 6 de junho, mas o PSDB Nacional deve adiar novamente a decisão. Os tucanos se reúnem nesta segunda-feira (11) para “tomar a decisão mais sábia e madura”, comentou o senador Cássio Cunha Lima, um dos líderes da legenda.

De passagem pelo São João de Campina Grande, Cássio informou que “o partido tem uma reunião na segunda-feira, onde vamos discutir esses assuntos. Posso dizer que há um sentimento de divisão”. Significa dizer que no voto tudo é possível, a permanência ou a saída de vez da base do Governo Federal.

O aspecto da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que absolveu a chapa Dilma/Temer na ação do PSDB pedindo a cassação, será levada em consideração. “Vamos tentar toma a decisão pensando não em governo, mas no país”, acrescentou o senador e vice-presidente do Senado.

Mas há de se levar em consideração uma coisa: Quem depende do PMDB para salvar Aécio Neves no Senado não quer ir a lugar algum.

Melhor: não vai.