Ex-vereador injeta Hollywood no ‘filme’ dos codificados

Completa uma semana que a folha dos codificados está na ordem dia do assunto político da Paraíba, um tema que, a propósito, o Governo do Estado quer “matar” de todo jeito e não consegue se livrar dele. Sentiu o golpe e não encaixa uma pauta positiva para abafar o escândalo dos marajás da saúde.

Nesta segunda-feira (29), em carta-bomba, o ex-vereador Renato Martins, recém expulso do PSB do governador Ricardo Coutinho, encaixou um gás tóxico no tema dos codificados. Segundo ele, “o caso da lista de codificados demonstra simbolicamente muito bem a praxe dos mandantes deles…”

“… Uma entrevista de cúpula a nega-las tem muita coisa em comum com Hollywood, a diferença é que os atores de lá são ricos fazendo arte confessa, com o ingresso pago no cinema por nossa livre escolha e não nos fazendo vítima”, conclui.

Martins, conforme informações, está disposto a contribuir com a CPI, caso seja instalada para investigar a folha que consome quase R$ 30 milhões com os codificados.