Estado nega pagamento de pensão a dois ex-deputados

O político só sabe o valor que tem quando perde o mandato. Ainda mais no momento da morte, porque os familiares têm de fazer um grande percurso para garantir o benefício da pensão. Há casos em que o ex-parlamentar tem direito a pensão. No entanto, o Governo do Estado não autoriza o pagamento.

Segundo informações, o caso prático atinge os ex-deputados Múcio Satyro e Waldir dos Santos Lima, que faleceram recentemente. O benefício do pagamento da pensão não estaria enfrentando tanta burocracia se o governador Ricardo Coutinho não tivesse descumprindo a lei. “É automático (pagamento)”, disse um ex-parlamentar.

O Estado é quem paga a pensão, mas no caso dos ex-deputados Múcio Satyro e Waldir dos Santos Lima o benefício foi desautorizado. Agora, os familiares deles terão que recorrer à Justiça para ter o direito ao benefício. A menos que o governo decida, de uma hora para outra, reconhecer a legislação em vigor e autorizar o pagamento.

O blog não conseguiu falar com familiares dos ex-deputados.