Crise na comunicação do Estado também é de ciúmes

A chegada do então vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, ao Governo do Estado já está causando problemas a Secretaria de Comunicação do Estado. Nomeado para a chefia do gabinete do governador, o também presidente estadual do PPS está num nível bem acima do secretário Luís Tôrres.

Nonato nem chegou a esquentar a cadeira e já houve o primeiro “qüiproquó” de um aliado do ex-vice-prefeito da Capital com o secretário Torres. Chegou uma informação ao signatário do blog, cujo assunto corre solto também nas redes sociais, que essa pessoa teria dirigido palavras de baixo calão ao número 1 da Comunicação do Estado.

Diz-se, inclusive que o aliado se trata de uma cria do jornalista Nonato Bandeira, que seria muito mais do um simples secretário-chefe de gabinete, mas o conselheiro de comunicação do governador Ricardo Coutinho, conforme veiculado aqui neste espaço. Ou seja, além do calote nas empresas de radiodifusão do Estado, a crise também é ciúmes neste setor.