Relação de RC com Estela não é a mesma de outros carnavais

O blog recebeu a informação e repassa aos seus mais de 22 leitores atraídos pelas notícias que circulam pelos corredores do Palácio da Redenção, a penúltima dando conta que a relação entre criador e criatura vai de mal a pior. É o clima observado quando estão no mesmo ambiente o governador Ricardo Coutinho e a deputada estadual Estela Bezerra, que já sinalizou saída do PSB um “montão” de vezes, mas fica só na ameaça.

Ao repórter não chegou os motivos acerca do comportamento estranho dessa relação, que teria começado a partir da escolha do nome da legenda socialista na disputa eleitoral deste ano, em João Pessoa. Estela pretendia ser a candidata do partido a Prefeitura, mas, a exemplo do que já tinha feito com o prefeito Luciano Agra, de saudosa memória; RC preteriu e escolheu Cida Ramos.

Até hoje a deputada “engole seco” a escolha ter recaído sobre o nome de Cida, e não ela (Estela). Mas não teria sido essa a gota d’água de um estremecimento que já vem desde lá atrás. Existe, ainda, outro fator distanciando o criador da criatura: parte da bancada do PSB na Assembleia não suporta a então preferida pelo governador do Estado.

A Paraíba inteira pensa que a secretária Cláudia Veras, atual da Saúde, foi uma indicação de Estela. Foi não! Na verdade, teria sido uma decisão do governador Ricardo Coutinho. Uma espécie de provocação e que, ainda, muitas haverão de vir pela frente até a proximidade da campanha de 2018.

A situação está tão assim… Vem, então, uma pergunta que não quer calar: por que RC lançou a candidatura de Cida Ramos a deputado estadual nas eleições de 2018? Avaliem aí e, depois, repasse a informação aqui para o blog. Ficamos deveras agradecidos.

Ao amigo do blog um muito obrigado pela informação sobre a leitura encerrada a partir deste ponto final.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.