Dilma acumulou R$ 2 milhões ao longo seu mandato

A Presidência da República vai fazer muita falta a ex-presidente Dilma Rousseff. Por outro lado, não fará nenhuma falta para os mais de 12 milhões de desempregado que o governo dela deixou na rua da amargura. Tirando as regalias do cargo, inclusive pagas por você contribuinte, a petista poupou os salários que recebeu desde a posse em 2011. Até a cassação na semana passada, no último dia de agosto (31), Dilma acumulou, veja você, mais de R$ 2 milhões somente com seus salários. É o que conta o jornalista Cláudio Humberto em seu blog, no Diário do Poder.

Então, continue com a leitura abaixo:

Bem bom: Como presidente, Dilma não gastou um só centavo com residência, transporte, gasolina, viagens e alimentação durante 65 meses.

Belo salário: Quando assumiu a Presidência, em 2011, o contracheque de Dilma era de R$ 26,7 mil. No segundo mandato, passou a R$ 30,9 mil.

Garçonete?: Dois meses antes do início do impeachment, Dilma cortou em 10% o salário dela, do vice e dos ministros. Foi inútil.

Boquinha pra quê?: Se manteve sua grana na poupança, Dilma terá rendimentos mensais de R$10 mil. Mais que o suficiente para se manter sem cargo público.

Blog/Cláudio Humberto