Decadente, PR pede e recebe cargo no primeiro escalão

O “quem não chora não mama” – aquele que se você não pedir, ninguém vai te dar – deu certo para o PR do deputado federal Wellington Roberto (foto) e dos filhos Caio e Bruno, o segundo recém nomeado secretário de Juventude, Esporte e Lazer. E não precisa ser um bom desportista para estar nesta função. Basta “quem indique”. Decadente, o partido conseguiu o cargo por causa das eleições municipais de João Pessoa.

Compreende-se agora a insatisfação demonstrada pelo deputado estadual Caio Roberto, que ameaçou desembarcar da base aliada do governo do PSB e, até, simulou conversar com o PSD do prefeito e virtual candidato à reeleição Luciano Cartaxo. A calmaria voltou a predominar no ambiente da legenda republicana, que está rindo à toa a partir desta quarta-feira (29).

Presidente do partido na Paraíba, o deputado federal Wellington Roberto seria o último dos políticos a se aproximar dos socialistas. Por uma razão muito simples: integra o “fã clube” do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). E mais : WB é relator do processo contra seu colega de parlamento Jair Bolsanaro (RJ) no Conselho de Ética por ter feito “apologia ao crime de tortura”.

Portanto, não é companhia para ninguém que defende posições contrárias do Eduardo Cunha e do Bolsanaro.