Líder provoca; Ruy diz que união ‘é assunto quase…’

Chega a ser comovente como os aliados do governista PSB se preocupam com a possível união de tucanos e peemedebistas, legendas que podem se aliar a candidatura de reeleição do PSD do prefeito Luciano Cartaxo. O ex-deputado federal Ruy Carneiro, presidente estadual do PSDB, trata o assunto com muita cautela. “A tentativa inicial é fazer um bloco com esses partidos”, revelou. Porém, não diz que é “prego batido e ponta virada”.

Já o deputado Hervázio Bezerra (PSB), líder da bancada do governo, vê a união dos partidos em torno do prefeito Cartaxo com preocupação, conforme demonstrou em entrevista nesta manhã de segunda-feira (20) a uma emissora de televisão: “Se reeleito, Cartaxo é candidato em potencial ao governo do Estado em 2018”.

A previsão feita pelo líder governista em nada deverá adiantar, pois as conversas entre os adversários socialistas estão bastante adiantadas, com possibilidades, sim, de união entre eles já no primeiro turno da sucessão municipal de João Pessoa. “Se vai acontecer a aliança eu não saberia dizer neste momento, mas é uma tese e ela está sendo levada em consideração”, comentou Carneiro.

Pelo que declarou, a preocupação do líder do governo do PSB é visível quando traz 2018 para o debate. “O governador Ricardo não pode ser mais candidato e abri-se um vácuo. Na minha conjectura, Cartaxo reeleito com apoio do PSDB e PMDB é um potencial candidato, porque a aliança não pode se quebrar, vão firmar 2016 de olho em 2018 e vão ungir uma nova liderança como criaram Ricardo Coutinho na aliança com o PMDB”.

Custou, mais Hervázio reconhece que o prefeito Luciano Cartaxo já é uma liderança.