PP se aproxima de Romero e preocupa o PSD de Rômulo

Preocupado com a articulação do Partido Progressista (PP) junto ao virtual candidato reeleitoral nas eleições de Campina Grande, o PSD do deputado federal Rômulo Gouveia também entrou em ação. O atual vice Ronaldinho Cunha Lima (PSDB) está facilitando as coisas nos entendimentos de alianças com outras legendas, inclusive de oposição abrindo o caminho e cedendo o espaço no cargo que ocupa atualmente.

O PP, partido do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, tem interesse em ingressar na chapa e sinaliza com essa possibilidade, principalmente agora que estreitou a relação com o PSDB. As duas siglas, agora, estão no mesmo bloco de apoio ao novo governo federal, o que poderá facilitar o entendimento para as conversas.

Apesar das criticas a gestão de Romero, leves se levado em consideração os graves problemas que a administração tucana de Campina Grande enfrenta, os progressistas prometem aliviá-las no sentido de iniciar uma relação de “não ataques”, conforme está posto, até que a situação seja resolvida.

Quem não está gostando é o deputado estadual Manoel Ludgério (PSD), alijado das conversas. Nos bastidores, a informação é que o presidente da legenda Rômulo Gouveia estaria se especializando em bombeiro para apagar o “incêndio” da relação de Ludgério, nada satisfeito com a aproximação dos progressistas da chapa majoritária do aliado prefeito Romero Rodrigues.

Enquanto essa questão não se resolve, há uma outra preocupação: as pesquisas. Romero não cresce, enquanto o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo, candidato do PMDB à sucessão campinense, avança. Falam em empate técnico e isso tem sido motivo de muitas discussões no ninho tucano.