Adriano vê com desconfiança substituição de candidato

Candidato à sucessão municipal de Campina Grande, o deputado Adriano Galdino (PSB), também presidente da Assembleia Legislativa, está com um pé na frente, outro atrás. Sem ser chamado a opinar sobre a substituição da candidatura do seu partido em João Pessoa, ele disse que há um cheiro de conspiração contra o secretário João Azevedo, a bem pouco tempo o melhor nome para os socialistas.

Não disse claramente, mas deixou no ar que ocorre agora o mesmo episódio de 2012, quando estava tudo certo para a candidatura à reeleição de Luciano Agra e, de repente, surgiu o nome da hoje deputada Estela Bezerra. O presidente Adriano Galdino estranha porque não foi procurado para opinar a respeito da provável substituição:

– Ninguém me procurou, ninguém ligou para mim. Acho que até porque a opinião do presidente da Assembleia não tem nenhum valor. Se tivesse já teriam me procurador”, disse demonstrando uma certa mágoa.

E sobre a tese de conspiração que desconfia que pode estar ocorrendo nos bastidores da sigla socialista: Ele (Azevedo) foi lançado á disputa com o aval do governador Ricardo. Não vejo razão para mudança. O que está faltando é o partido, os seus aliados, sem divisão, abraçarem sua candidatura e trabalhar por sua vitória”, proclamou Galdino sem saber que João Azevedo já saiu de cena.