Com os cofres cheios, PR quer a vice na chapa de João

O PR de Wellington Roberto, o deputado federal que recebeu R$ 12 milhões de emendas parlamentares para votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, segundo a mídia nacional, já dá como certa a participação do partido ocupando o espaço de vice na chapa a ser encabeçada pelo secretário João Azevedo (PSB). O deputado estadual Caio Roberto, filho de Wellington, colocou seu nome à disposição.

Resta saber se tem o aval dos socialistas, também dos partidos aliados do governista PSB, principalmente após a notícia dos valores citados a cima recebidos pelo deputado federal Wellington Roberto, presidente estadual do PR. Indiferente a isso, Caio comentou:

“Eu coloquei o meu nome à disposição. É um partido que tem musculatura para indicar o vice. Além de mim, existem outros quadros, até melhores que eu, como o próprio João dos Santos”, afirmou.

Apesar de lançar-se candidato a vice e ter sugerido outros nomes, o deputado Caio Roberto adiantou que “não estamos fazendo imposição, mas ficaríamos felizes de poder figurar na chapa majoritária”. Por outro lado, reconhece que no arco de alianças existem nomes mais gabaritados e sem macula.