Receando que o PPS vá para oposição, líder ingressa no PHS

Como previsto, o vereador Marco Antônio Queiroga, líder da bancada do governo municipal, não pertence mais aos quadros de filiados do PPS. Em Brasília, nesta manhã de terça (15), ele se filiou ao PHS a três dias para o encerramento do prazo de mudança de partido. Não quer dar sopa para o azar, avaliando que sua ex-legenda pode estar se encaminhando para outro projeto, se aliando a outra pré-candidatura à sucessão municipal de João Pessoa.

A filiação deu-se junto à cúpula nacional da nova sigla do parlamentar. Na ocasião, recebeu a patente de “coronel”, pois ficou acertada no ato de ingresso ao Partido Humanista da Solidariedade  a entrega também da presidência estadual da legenda, em substituição a Expedito Leite, aliados dos projetos do então senador Wilson Santiago, presidente do PTB Estadual.

A desconfiança do líder da bancada do prefeito com o PPS começou a partir do momento em que os vereadores Bruno Farias e Adjanilson “faca cega” Fonseca assinaram o requerimento com pedido de instalação da CPI da Lagoa. Neste momento, Marco Antônio sentiu que não tinha mais como permanecer na legenda pela qual tinha sido eleito em 2012.