Confronto entre peemedebistas e socialistas também em Patos

Não é só em João Pessoa e Campina Grande que há um confronto entre PMDB e PSB, aliados do segundo turno da campanha de 2014. Também devem rachar em Patos por causa da pré-candidatura do petista e vice-prefeito Lenildo Morais, secretário estadual de Agricultura Familiar. Ele vai disputar a prefeitura com a prefeita Francisca Motta ou o deputado Nabor Wanderley, ambos do peemedebê do senador José Maranhão.

O deputado Nabor é da base aliada do governista PSB na Assembleia. Porém, mantém o suspense como vai ficar na hipótese do governador Ricardo Coutinho apoiar a pré-candidatura do possível adversário Lenildo Morais. A desunião de peemedebistas e socialistas mostra que não cuidaram muito da união. Ou que só existiu para derrotar o inimigo da campanha de 2014. As duas legendas travam um duelo que deve acabar em rompimento.

Para Lenildo, “o povo quer saber de proposta  viáveis que  sejam implantadas nos municípios”. Ou seja, parece lançar o primeiro torpedo contra os possíveis adversários, com quem divide atualmente o governo municipal de Patos. Ele está convicto de que terá o apoio do governador Ricardo em sua campanha à sucessão municipal.