Sem ser convocado, Trócolli descarta ser vice de Azevedo

Ninguém perguntou, mas o secretário estadual de Articulação Política, Trócolli Júnior (PMDB) disse não ter pretensões de compor a chapa a ser encabeçada pelo socialista João Azevedo na disputa pela Prefeitura de João Pessoa. Seu desejo mesmo é ver o partido dividindo com o PSB o palanque nas eleições de outubro. O peemedebista defende uma tese contrária a orientação nacional da legenda, que recomenda candidatura próprio nos municípios com mais de 200 mil habitantes.

Talvez, Trócolli tenha esquecido que aqui tem mais de 700 mil habitantes. Também, faz ouvido de mercador para a orientação do PMDB nacional, que recomendou candidatura própria na eleição de João Pessoa. Surpreendeu quando afirma que “estou no governo por causa de muita insistência”. De quem? Ele não disse. Ao rejeitar o espaço de vice, o deputado licenciado acaba reconhecendo que não vale a pena enveredar por esse projeto da pré-candidatura socialista. “Não aceitaria (ser vice)”, caso venha ser convidado.