Raniery é o mais credenciado para líder, mas não se mistura

O repórter já ouviu do deputado Ranieri Paulino que não se mistura com o PSDB do senador Cássio Cunha Lima. Considera o cenário como obstáculo para aceitar a liderança do bloco de oposição, que tem em sua bancada quatro parlamentares da sigla tucana, todos ligados politicamente a CCL. Coincidência, ou não, o grupo oposicionista não definiu o próximo líder do bloco.

A estratégia dos oposicionistas seria inteligente na hipótese de convencer Raniery ser o substituto do deputado Renato Gadelha. O peemedebista disse ao blog que também não se mistura com o PSB do governador Ricardo Coutinho, ferrenho adversário dos “Paulino” na política de Guarabira, assim como é o prefeito tucano Zenóbio Toscano.

Enquanto Raniery segue líder de si próprio, a oposição está em busca de uma liderança que não venha mais com uma proposta de “trégua”, como fez o atual líder Renato Gadelha. Mas já tem tucano se curvando aos planos do filho do ex-governador Roberto Paulino e Fátima Paulino.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.