Onde estão com a cabeça que querem tirar Cartaxo do PT?

Enquanto a oposição dissemina boatos, até mesmo sobre uma saída do PT, o prefeito Luciano Cartaxo segue o trabalho administrativo sob os olhares de preocupação dos adversários na disputa eleitoral do próximo ano. Nesta sexta (14), ele foi chamado à beira do ringue para o esclarecimentos de um suposto afastamento da legenda trabalhista.

Segundo o prefeito, “não está escrito que eu tenho que tomar essa decisão”. Mesmo evitando perder tempo para o tema político-eleitoral, Cartaxo veio à boca do palco para esclarecer o seguinte: “Estou muito bem no PT, tenho reforçado minha relação com o partido. Essa não seria uma decisão prematura, precisaria que eu fizesse uma avaliação profunda, o que eu vou fazer é continuar trabalhando”.

Neste aspecto, a estratégia é correta se levada em consideração que existe muita coisa a ser feita em termos administrativos, destacando que a pauta política não está em sua agenda. E garante: “A agenda do prefeito é a agenda do trabalho, de enfrentar desafios que estão postos na Prefeitura de João Pessoa. Estamos trabalhando, pra mim é o mais essencial”.

Só mesmo quem está preocupado com o desempenho administrativo do governo Cartaxo é capaz de imaginar sua saída do Partido dos Trabalhadores.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.