Quebra de acordo: PMDB poderá perder Gervásio

Há uma informação na praça acerca de uma decisão do PMDB Federal, que determinou a prorrogação do mandato do deputado Manoel Júnior à frente do Diretório Municipal da Capital. Sabe o que significou? Adivinhou quem disse um golpe para cima do deputado Gervásio Maia, levado no “banho Maria” até que desista assumir a presidência do partido.

Se depender do senador José Maranhão e de alguns peemedebistas ligados a ele, Gervásio não tem a mínima chance de ocupar o posto desejado, também que o acordo celebrado em 2013 seja cumprido. Tanto é verdade que jogaram no asfalto a notícia de que o vice-presidente da República, Michel Temer, chamado Maranhão é ordenado a pré-candidato de Manoel Júnior a prefeito de João Pessoa.

Pode acontecer com Gervásio o mesmo que ocorreu com Wilson Santiago, que estava cotado para presidente o PMDB e passaram-lhe a perna. Resultado: pegou o boné e o levou para o PTB, partido que preside atualmente.

Gervásio já admitiu sair na hipótese de quebra do acordo. Levará um montão de simpatizantes.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.