Deputado vai à Justiça contra escolha de Gervásio

Aconteceu o que estava prevista desde 1º deste mês (fevereiro), quando o deputado Renato Gadelha (PSC) cumpriu a promessa de acionar a Justiça para questionar a eleição do seu colega Gervásio Maia Filho (PMDB), eleito para o segundo biênio da presidência da Assembleia Legislativa. Nesta sexta (13), para muitos de “azar”, o parlamentar cristão protocolou a ação contra a antecipação do processo.

Gadelha considerou “ato ilegal” a eleição do presidente da Mesa Diretora para o biênio 2015/2018, sobre a alegação de que, pelo regimento interno da “Casa”, não é permitida a antecipação. O parlamentar baseia-se no seguinte argumento:

“Esta no regimento interno da casa a proibição da eleição antecipada, e principalmente duas eleições no mesmo dia”.

A julgar de que já existe um debate sobre a reforma político-eleitoral, sobretudo no tocante relacionada à reeleição, bem como a antecipação de eleição nos parlamentos, é possível que o deputado Renato Gadelha obtenha êxito na ação que recebe assinaturas dos advogados Valberto Azavedo, Rinaldo Mouzales, Marcelo Trindade e Daniel Sampaio.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.