Planalto pede ajuda ao deputado Aguinaldo Ribeiro

Mais uma demonstração de prestígio do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) junto ao Planalto. Ele foi convocado pelo ministro Aloísio Mercadante, por recomendação da presidente Dilma, claro, para cabalar votos para Arlindo Chinaglia (PT-SP) na disputa pela presidência da Câmara. Uma missão quase impossível, mas o parlamentar paraibano promete cumprir o papel lhe confiado em meio a bancada progressista.

Certamente, deverá ouvir muitas queixas. Porém, as reclamações individuais deverão ficar para segundo plano, porque o entendimento tem como foco a disputa pela presidência da Câmara. Chinaglia, como se sabe, é o candidato para desancar o peemedebista Eduardo Cunha (RJ), forte concorrente ao cargo a suceder Henrique Alves na presidência do cargo.

Aguinaldo não conta a estratégia que irá utilizar para convencer o seu partido a votar no candidato apoiado pelo Palácio do Planalto. Mas o prestígio do parlamentar é uma demonstração de prestígio.