Hugo Motta magoou porque não indicou ninguém

O mais “verde” dos atuais integrantes da bancada paraibana em Brasília, o deputado federal Hugo Motta (PMDB) – próximo de assumir o seu segundo mandato – ainda não aprendeu que fazer política com “subserviência” não dá resultado.

Anda se queixando do governador Ricardo Coutinho (PSB) pelo fato de não ser ouvido sobre a indicação de ninguém do seu grupo político de Patos para cargos na administração estadual.

Foi Hugo Motta que, numa entrevista ao jornalista Helder Moura, declarou: “Posso afirmar que o PMDB de Patos não se sente representado no governo de Ricardo…”.

“[…] Não indicamos ninguém, portanto não nos sentimos representados, e até nem queremos mais”, magoou.

Motta parece mais um “tucano”, pois passou o tempo inteiro da campanha em cima do muro. Só desceu quando as urnas mostraram a vitória do governador Ricardo Coutinho no segundo turno das eleições passadas.

Portanto, não tem do que reclamar, tampouco exigir.