Couto cobrou ‘cabeça’ de Virgolino e Ricardo não titubeou

Vem causando grande repercussão a saída do delegado civil Walber Virgolino da Secretaria de Administração Penitenciária. Mas o motivo já é do conhecimento público e, segundo informações repassadas ao signatário do blog, o não reaproveitamento do ex-secretário no Ricardo 2 ocorreu a pedido do deputado federal Luiz Couto (PT). O governador aceitou de pronto as alegações do então arquiinimo político e religioso parlamentar.

Como se sabe, Virgolino foi substituído pelo também delegado civil Wagnar Dorta. A mesma fonte informou ao repórter que o secretário Cláudio Lima, da Segurança Pública, também teria reforçado o pedido para afastar o então secretário com receio de ser substituído durante a reforma.

O fato é que o governador não tinha motivos para não renomear Walber Virgolino, que vinha realizando um bom trabalho à frente da Secretaria mais complicada da estrutura administrativa do Estado. Em conversa recente com então secretário, ele nos informou que “ninguém queria assumir essa função”, dizia a este repórter quando ainda integrava a equipe de jornalismo da TV Arapuan.

Vem do Palácio da Redenção a informação de que Virgolino saiu por causa da ligação de parentesco com o ex-vice governador do Estado, José Lacerda Neto, político da mais alta respeitabilidade da Paraíba. Porém, não é motivo porque o então secretário participou de todos os eventos da campanha à reeleição do governador.

Ricardo vetou Virgolino porque Luiz Couto e Cláudio Lima pediram. O deputado religioso chegou a subir a tribuna da Câmara Federal para criticar o trabalho do então secretário. Ou seja, a presença de WV incomodava o parlamentar, que teria perdido votos porque o trabalho da Secretaria de Administração não lhe interessava.

Couto também tinha receio que Virgolino viesse assumir a Secretaria de Segurança. Então, o deputado ajoelhou-se aos pés de Ricardo Coutinho que lhe prometeu “amém”. E cumpriu.

O blog tentou ouvir o ex-secretário Walber Virgolino, que não atendeu as ligações, também até o momento não respondeu as mensagens enviadas via celular.

Estamos no aguardo!