Vital está a um passo de assumir o cargo vitalício de ministro do TCU

Acontece nesta terça (2) o processo de escolha do senador Vital do Rêgo (PMDB) para ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Ele será sabatinado pelos próprios colegas de Senado, cujo evento ocorrerá na Comissão de Assuntos Econômicos. Nada preocupante, pois trata-se de uma questão meramente formal. A CAE não tem precedentes de impor vetos. Aliás, nunca houve nenhum caso.

Como se sabe, a indicação de Vital para substituto do ministro José Jorge, –  Pernambucano,  se aposentou compulsoriamente; aconteceu por indicação do Senado. O parlamentar paraibano se aposentará das atividades políticas para assumir um emprego vitalício, onde receberá salários de R$ 23,2 mil mensais, além de uma ajuda de custa de R$ 70 mil e trabalho apenas nove meses por ano.

A nomeação acontecerá antes do final do ano e posse também. No Senado, Vital será substituído pelo ex-senador Raimundo Lira (PTB), primeiro suplente; que passará a ser ocupado pelo ex-vereador Tavinho Santos.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.