Proposta de ‘imersão’ do PSB feita por Coutinho repercute entre socialistas

Em seu blog “Política por Josué Nogueira”, que pode ser apreciado no portal do Diário de Pernambuco, no escrito o jornalista ressalta “o alerta do governador reeleito da Paraíba, Ricardo Coutinho”, propondo uma “imersão do PSB antes de decidir que caminhos políticos tomar”. Trata o assunto como uma provocação as reflexões do partido.

Coutinho pode ter se enganado na observação feita recentemente, pois o repórter Josué Nogueira destaca no seu escrito que “os socialistas tendem a ser reafirmar na oposição, mas com responsabilidade”. Por outro lado, assim como o governador paraibano, há quem, dentro do partido, defenda a distensão na relação do PSB diante do governo Dilma.

É o caso de Coutinho e dos “socialistas” paraibanos, que segue a orientação do governador recém reeleito.

Para alguns, o PSB tem um papel importante dentro do atual contexto da política brasileira, ainda mais quando se sabe que existe um desejo de construção da unidade de um Brasil que saiu rachado durante o processo eleitoral para presidente nas eleições de 26 de outubro.

É bom lembrar que a presidente acenou com diálogo, estendendo as mãos para os socialistas. No entanto, a iniciativa de construção de uma boa relação depende única e exclusivamente da presidente da República.

Quer dizer: se depende de Coutinho não haverá nenhum problema. O governador paraibano votou nela mesmo no segundo turno das eleições.

 


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.