Desvio de recursos na Suplan estarrece; falta o conteúdo

Desde ontem o governo estadual mergulhou num processo de insônia cruel. Deu-se depois da denúncia jogada no asfalto pela então secretária estadual de Finanças, Aracilba Rocha. Credenciada, porque tinha as chaves do cofre, ela falou sobre um suposto desvio de recursos da Suplan.

Bem, não é possível desacreditar no que fora declarada pela ex-auxiliar do Palácio da Redenção. Na verdade, é que se a Paraíba estivesse localizada num país séria, Aracilba já teria sido convocada pelas autoridades de fiscalização de recursos públicos.

Estranhamente, o governo, através da Secretaria de Comunicação, tratou um assunto sério transformando em questões políticas.

Por enquanto, as informações repassadas por Aracilba estão ainda sob suspeita. Isso pode vir a público no momento oportuno, principalmente depois que as denúncias saíram da boca de um dos braços direito do governador Ricardo Coutinho.

Se há alguém que deveria saber o que se passa na Suplan, essa pessoa é o inquilino do Palácio da Redenção.