Trauma virou um trauma para uma mãe desesperada

Criança mente? E umaa mãe desesperada clamando por atendimento hospitalar para o seu filho? Coloque-se, portanto, no lugar dela. Pois bem. Deu-se nesta quarta (3) no Hospital de Emergência e Trauma – sempre ele -, em João Pessoa. Uma mulher chora muito porque o seu filho não havia sido atendido, mesmo se esvaindo em sangue.

O repórter Nilvan Ferreira, sensibilizado com o grave problema, denunciou em seu programa de televisão e no Rádio. Depois, postou o vídeo em seu microblog. A imagem mostra ela afirmando que está a espera de atendimento médico desde a noite passada e, até aquele presente momento não tinha recebido assistência alguma.

Versão do hospital – Do Trauma, o esclarecimento que o paciente Severino Rangem Domingos Filhos, 54, deu entrada no hospital às 22h57 desta terça (2), vítima de acidente de moto. Diz que o rapaz estava com sinal de embriaguez e que tinha se negado a realizar os procedimentos médicos, inclusive foi agressivo com a equipe médica, tendo evadiu-se  do hospital.

Eis a versão do hospital.