Denise diz que Ricardo é um amigo, Cássio também

Num ambiente político-eleitoral onde trair é só coçar, a prefeita de Cajazeiras – uma das cidades importantes da Paraíba, Denise Oliveira (PSB) está impondo dificuldades em declarar voto ao candidato a senador Lucélio Cartaxo (PT), que compõe a chapa majoritária encabeçada por Ricardo Coutinho. A informação é que Denise exige reciprocidade dos petistas de lá, que recusam voto no governador reeleitoral.

Ameaça quando joga no asfalto que tem mantido entendimentos com Wilson Santiago, candidato a senador na chapa de Cássio Cunha Lima (PSDB). Ou seja, a julgar pela dificuldade de convencer até os auxiliares da prefeitura a votar e trabalhar pelo seu candidato, a prefeita Denise “abre alas” em direção ao caminho do ninho dos tucanos e mostra sinais de que não resistirá por muito tempo.

Denise não esconde de ninguém que está entre a cruz e a espada, quando proclama que as eleições é atípica ao extremo, justificando o seu ponto de vista ao fato de estar sendo disputada por dois candidatos amigos: Cássio e Ricardo, não se sabendo se a ordem é essa mesmo, ou o inverso: Ricardo e Cássio.

Ela confirmou ao blogueiro Adjamilton Pereira que o vice-prefeito Júnior Araújo já havia confidenciado sobre a decisão de votar em Cássio, colocando os cargos à disposição. Disse Denise: “A posição de Júnior foi muito madura, de expor o motivo do seu posicionamento”.

Só não disse se aceitou os cargos colocados à disposição pelo seu vice-prefeito. Acredita-se que não, pois teria o trabalho de exonerar e depois  nomear. Júnior Araújo foi autorizado, sem problemas.

Parece um até já!


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.