NEM DEPUTADO TIÃO GOMES QUER ser líder da bancada governista

Nos bastidores, o governador Ricardo Coutinho (PSB) trabalha para manter o segundo suplente Hervázio Bezerra (PSB) na liderança do seu governo na Assembleia. O problema é que os poucos parlamentares que restam na base governista começa a dar as costas ao Palácio da Redenção.

Privam o governador da solidão sem fazer-lhe companhia.

Manter o ainda líder no mandato tem sido uma coisa bastante difícil. Para acontecer exige-se uma ginástica que envolve a mexida de algumas peças, também dinheiro.

É que neste momento o pedido de licença de alguns poucos parlamentares da base só sem remuneração e ninguém quer perder o salário a esta altura dos acontecimentos.

Veja você, que até o deputado Tião Gomes (PSL) recusa-se a ser líder da bancada, substituindo Hervázio Bezerra. Diz que não foi convocado, mas… “Não fui convidado, mas não aceito e nem tenho tempo párea me dedicar à função”.

Sugere-se o nome do deputado Manoel Ludgério (PSD), que está de volta ao parlamento estadual. O problema é que o governador não confia no “ex-cassista”.

Como se vê, encontrar um líder que possa substituir a altura Hervázio Bezerra está sendo difícil. Complicado mesmo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.