‘BLOCÃO ACABOU. NÃO EXISTE mais’, proclamou o líder dos petistas

Com o fim do “blocão” reconhecido pelo prefeito Luciano Cartaxo, o PT não tem outro caminho a seguir que não seja a composição com o PMDB na corrida majoritária ao Palácio da Redenção nas eleições de outubro. O grupamento político vitorioso da campanha municipal de João Pessoa, em 2012, dividiu-se na preferência pelas pré-candidaturas ao governo do Estado.

O PP do ex-ministro Aguinaldo Ribeiro conversa com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), enquanto o PSC do então senador Marcondes Gadelha estaria em entendimentos com o PMDB do pré-candidato Veneziano Vital. “O PT mantém a tese de candidatura própria, mas o partido vai decidir qual o melhor caminho  a seguir no Congresso Estadual do dia 12”, disse Cartaxo.

Principal líder da legenda petista, o prefeito de João Pessoa disse, durante entrevista televisiva, que “o ‘blocão’ não existe mais”. A declaração confirma que, ao contrário de 2012, os partidos que até bem pouco tempo integrava esse grupo rachou.

A julgar pelo que declarou o prefeito, também a movimentação dos aliados, é possível prevê que petistas e peemedebistas vão estar juntos no mesmo palanque das eleições de 2014.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.