LOA vira um ‘rolezinho’ que deverá parar novamente no Supremo

Previsto para ser votada nesta quarta (22), a Lei Orçamentária Anual – ou a LOA, como queiram – deve ter mais um capítulo que ninguém gostaria de acompanhar essa novela do dia-a-dia da política paraibana. Quando remaneja novamente recurso da Defensoria Pública do Estado, o governo dá mostras de que pretende empurrar com a barriga o reajuste de salário dos servidores públicos.

Como se sabe, uma emenda da bancada governista remaneja R$ 16 milhões do orçamento da Defensoria, o que é lamentável porque o que retardou a votação do projeto em dezembro foi justamente essa falta de sensibilidade do governo contra as diversas categorias dos servidores públicos.

Ora, o Supremo Tribunal Federal mandou suspender a votação da LOA de dezembro porque o governo, conforme a peça orçamentária, retirava os recursos do orçamento da Defensoria. Agora, repete a dose através de sua bancada na Assembleia Legislativa. Decerto, achou que a briga por aqui são favas contadas que parte para um embate lá em cima contra alguém que se chama pelo nome de Supremo Tribunal Federal.

É pra onde deverá desaguar mais uma vez a Lei Orçamentária dos paraibanos.

alhoje

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.