A importância de Vital e o lado obscuro da Política, por Walter Santos

Vai abaixo artigo do jornalista Walter Santos, publicado no seu Wscom:

“O ex-governador Tarcisio de Miranda Burity, um dos chefes de Governo com dimensão cultural reconhecida, cunhou uma expressão para explicar sua condição política no Estado, que bem serve a outros casos, a exemplo do senador Vital do Rego Filho, atual presidente da comissão mais importante do Congresso Nacional em primeiro mandato. Dizia ele: “entrei na política pelas mãos dos amigos, mas me mantenho nela por força da ação dos inimigos”.

O tom duro cabe como a mão numa luva para expressar o quanto de maldade permeia nossa cultura política, comumente insatisfeita em conviver com o sucesso alheio, do conterrâneo ao lado, algo que não é da essência da Paraiba posto ser algo típico da humanidade de uma forma geral.

É o que se pode atestar também diante da novidade plantada neste fim-de-semana buscando gerar dificuldade na carreira triunfal e vitoriosa do senador Vital Filho, logo agora quando ele se prepara para ascender ao posto de Ministro de Estado na Pasta da Integração Nacional.

À quem interessa jogar rasteiro e atingir um homem público de valor, logo quando de sua performance reconhecida como uma das revelações mais consistentes do Congresso Nacional? O “vale tudo” da política vale mais do que a conduta ilibada de lideranças do nível de Vital?

Não, não vale e ninguém deve se inibir na sequência e conduta da vida em si incluindo no processo os novos desafios de futuro porque ao Homem tanto quanto à Mulher é dado o direito de crescer, sobretudo quando se tem como principio e parâmetro conquistas coletivas da sociedade.

Certamente que o senador tem história densa por si só para manter-se firme no objetivo de contribuir mais com a representação do Estado da Paraíba, da mesma forma que no plano nacional, portanto, é chegada a hora de afastarmos de nossa cultura a mania nefasta de odiar a quem se mostra capaz e necessário ao desenvolvimento do País.

O senador Vital do Rego Filho é homem de Bem e com tal merece respeito. O resto é pura inveja doentia contra os quem ascendem por mérito próprio.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.