Vitória acachapante de Charlinton e Lucélio; Luiz Couto fica em terceiro

Charlinton Machado confirmou o favoritismo e elegeu-se presidente estadual do PT. Oficialmente, toma posse em fevereiro de 2014, ano das eleições gerais. Chalinton vai à linha de frente do projeto de candidatura própria do partido ao governo do Estado. Para o Diretório petista em João Pessoa, uma vitória ainda mais fácil de Lucélio Cartaxo. Ganhou com 92% dos votos contra o candidato apoiado por Luiz Couto.

Tem-se a pretensão de atrair o maior número de partidos possíveis para o “blocão”, formado pelo PT/PP/PSC. Charlinton sonha com um nome que o petismo possa considerar de “seu” para lançar candidato a governador. Um assunto delicado: como a nova direção do Partido dos Trabalhadores irá se posicionar a respeito do “Caso Couto”.

O deputado federal Luiz Couto continua a dar trabalho ao Partido dos Trabalhadores. Ele não quer largar os cargos que detém no governo do PSB, adversário do PT na disputa eleitoral de 2014. O parlamentar, que dizem ter sido o candidato do Palácio da Redenção, perdeu feia a eleição interna do Processo de Eleição Direta deste domingo. Ficou em terceiro, atrás também de Lenilton Morais, o segundo colocado geral.

Como pudemos observar, o governador Ricardo Coutinho (PSB) não vive os melhores dos momentos políticos. Em menos de 48 horas, acumulou duas derrotas de seus candidatos disputando a eleição interna de partidos que esperava contar em sua base aliada. A primeira na sexta (8), como a vitória de Nonato Bandeira a presidente do PPS.

A segunda, neste domingo (10). Desta vez, perdeu feio para o prefeito Luciano Cartaxo (PT), que com seu candidato Charlinton Machado venceu folgado a eleição interna do Partido dos Trabalhadores. A derrota do “socialista” aconteceu em dose dupla hoje. Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito de João Pessoa, venceu com 92% o candidato apoiado por Couto – por tabela, por Ricardo – ao Diretório de João Pessoa do Petê.

Azar do governador e Luiz Couto, sorte do prefeito Luciano Cartaxo que se fortalece politicamente com a acachapante vitória no Processo de Eleição Direta do PT.

Clima quente – A votação chegou a ser suspensa pela juíza Aylzia Fabiana Borges Carilho, que concedeu liminar a uma ação interposta pelo candidato ao Diretório municipal do PT em Sousa, Gervásio Bernardo, candidato apoiado por Couto e, por tabela, do governador Ricardo Coutinho. Reclamou a retirada dos nomes aptos a votarem.

Ação idêntica ocorreu na eleição do PPS, cujo grupo apoiado pelo governador tentou judicializar o processo partidário. Tudo voltou a normalidade com a derrubada da liminar. No caso de Sousa, a eleição foi parar na Justiça porque no final da votação a presidente da mesa de votação, Francisca Abrantes, irmã do requerente Gervásio Bernardo; desapareceu com a urna e o caso foi parar na delegacia, com registro de um boletim de ocorrência.

Eis abaixo o resultado:

. Charlinton Machado – 4.113 votos

. Lenildo Morais – 2.367 votos

. Luiz Couto – 788 votos.

Como ficou em João Pessoa:

. Charlinton Machado – 1.377 votos

. Lenildo Morais – 281 votos

. Luiz Couto – 239 votos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.