“Vamos ter candidato; com o PMDB nos encontraremos no 2º turno”

Recém eleito presidente estadual do PT, Charlinton Machado falou por mais de meia hora na entrevista que concedeu a um programa televisivo nesta segunda (11). Conversou-se mais sobre o projeto protagonista para à sucessão do próximo ano. É verdade quando afirmou que “esse foi o principal discurso de nossa campanha a presidência do partido”.

A idéia era arrancar também o que será do deputado federal Luiz Couto, que teria disputado o Processo de Eleição Direta deste domingo (10) apoiado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), de quem é aliado e indicou gente para ocupar cargos na gestão “socialista”, a exemplo de Marenilson Batista (secretário de Agricultura), Carlos Alberto (Executivo da Infraestrutura), entre outros.

Vão abaixo algumas das declarações feitas por Charlinton, novo presidente estadual do PT a partir de fevereiro de 2014:

Partido do futuro: Nós disputamos o PED com o discurso de unidade em torno do protagonismo. Ou seja, defendemos a candidatura própria do PT ao governo do Estado nas eleições de 2014. Ou, ainda, de um nome dos partidos que estão juntos conosco desde as eleições municipais de João Pessoa, a exemplo de PP e PSC.

Xô dissidência: Não iremos mais tolerar dissidência, até porque se vamos ter candidato a governador nas eleições do próximo ano é necessário que possamos marchar unidos. Neste sentido, a partir de hoje, não admitiremos mais que nossos filiados estejam em palanques diferentes.

Recado pra Couto: Tem endereço, Caixa Postal e CEP. Vai para o deputado federal Luiz Couto. Ele tem que se enquadrar. Do contrário, será expulso e poderá, até, perder o mandato. Perguntou-se: o PT vai ao extremo com o parlamentar? “Não. O PT tem estatuto e vamos cumprir”.

Muito difícil: Quero deixar claro que temos uma boa relação com os partidos que dão sustentação política ao governo da presidente Dilma, mas vai ser “muito difícil” uma aliança de imediado com o PMDB , que já tem candidato (Veneziano) e o projeto se assemelha ao nosso. Por isso, só deveremos marchar juntos no segundo turno das eleições.

Cartaxo opção: Excelente nome. Lucélio mostrou que tem potencial eleitoral e será avaliado na instancia do partido, assim como serão os deputados Anísio Maia, Frei Anastácio, os vereadores Bira (Pereira) e Benilton (Lucena). Enfim, temos bons quadros.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.