Petistas seguidores do deputado Luiz Couto querem esculhambar com o PT

Surpreendido com a postura dos petistas que ocupam cargos no governo do PSB, o presidente estadual do PT, Rodrigo Soares, em entrevista televisiva nesta sexta (8), disse que espera coerência daqueles que insistem em manter-se como auxiliar do Palácio da Redenção. “Só apelamos por coerência; os socialistas passaram a ser nossos adversários”, afirmou o dirigente petista.

“Quem quiser ficar no governo não tem problema algum, pois não está obrigado a ficar no PT”, ressaltou Soares. Ele concordou com o secretário Executivo de Infraestrutura, Carlos Alberto, quando declarou “que o Petê não tem cargo no governo”. Os políticos acham que o eleitor e burro, porque como não acreditar que filiados do partido estão ocupando espaços no governo “socialista”.

Mas o que Carlos Alberto quis dizer que os cargos não pertencem ao Partido dos Trabalhadores, mas ao deputado Luiz Couto. Bem compreendido!

O recado repassado por Rodrigo vale, principalmente para o deputado federal Luiz Couto, que nas eleições de 2010 e 2012 foi uma dissidência na instância partidária. “Se ele (Couto) vencer o PED de domingo é quem conduzirá o partido na campanha do próximo ano, na Paraíba…”.

“… Como isso não vai acontecer, pois tudo indica que Charliton Machado é quem vencerá, então exige-se que haja coerência de quem se posiciona de forma contrária a nossa proposta de protagonistas nas eleições de 2014”.

Mas o PT é assim. Espera-se tudo, mas desta vez petistas que é petista será chamado a se enquadrar.

Do contrário…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.