Veja como o governador foi isolado por esquema ‘antivaia’ no domingo

A despeito da polêmica do pós título do Campeonato Brasileiro da Série “D” pelo Botafogo, a assessoria do governador Ricardo Coutinho (PSB) cercou-o de cuidados para evitar que ele fosse vaiado com o Estádio Almeidão superlotado, um público calculado em mais de 20 mil pessoas.

Armou-se em torno de Ricardo um escudo de discrição, a começar pelo boné na mão esquerda (ver foto) que usou para chegar ao estádio acompanhado de muita gente. Eis alguns dos cuidados que foram adotados e anotados:

  1. Diferente do que ocorrera em outros eventos do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro, o locutor oficial do Almeidão não anunciou a chegada do governador, tampouco a presença dele nas cadeiras do estádio;
  2. A chegada ocorreu num horário estratégico para a condução do governador até as cadeiras, acompanhado dos deputados estaduais Edmilson Soares (PEN) e Domiciano Cabral (DEM), conforme a foto;
  3. O carro que conduziu o governador estacionou numa área protegida, saldo dos olhares do público.

Aproveitou a festa da torcida e entrou no gramado no Almeidão para a entrega do troféu ao campeão Botafogo, que venceu o Juventude-RS por dois a zero.

                                      ricardobone1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.