Auditoria do TCE encontra malfeito na gestão de Galego de Souza

Esquadrinhado pelo Tribunal de Contas do Estado, o ex-prefeito Galego de Souza (foto), de São Bento, está sendo acusado de ter feito locação de veículos a familiares durante a gestão dele. De acordo com denúncia veiculada no Clickpb, o então gestor municipal teria torrado mais de R$ 100 mil com aluguel de carros.

Chegou-se a esse malfeito durante uma auditoria realizada pelo TCE. Continue lendo abaixo:

                 sao bento

“Trata-se da licitação para locação de 03 veículos para Secretaria de Infraestrutura e Saúde feita pelo Galego de Souza, onde todos os vencedores são da mesma família do então prefeito. Na licitação Auci de Souza Lima ganhou R$ 48.000,00 pela locação de um veículo,  Cesanildo Souza da Silva R$ 21.600,00 e Marcelo Souza R$ 48.000,00 perfazendo um total de R$ 117.000,00 (cento e dezessete mil reais) pela aluguel de três veículos usados. Além de pertencerem a família do ex-prefeito, outras irregularidades são apontadas no processo licitatório.

O veículo locado a prefeitura por Auci de Souza Lima pertencia ao Posto Sousa (Posto São Sebastião) que supostamente simulou um contrato de locação para que Auci sublocasse o veículo ao seu tio, então prefeito da cidade. Também pertencia ao Posto Sousa o carro locado por Marcelo Souza que também sublocou a prefeitura o veículo que não era de sua propriedade. O pior, o Posto de combustível  e propriedade de Milton Sousa e Antônio Sousa, irmãos do ex-prefeito Galego de Souza.

Para a Auditoria do TCE, o processo licitatório foi IRREGULAR, pois foram locados 3 veículos quando na verdade a licitação previa apenas 2 e os veículos eram sublocados ao Posto de Combustível e no contrato previa a proibição de uso dos veículos por terceiros.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.