Auxiliar que chamou cassistas de cobras, largados e lobisomens é exonerado

O auxiliar do governo “socialista” da Paraíba, Wendell Oliveira da Silva usou as redes sociais para dizer cobras, largados e lobisomens contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e outros cassistas. Deu-se no domingo (8), após o tucano ter ido a Patos participar da filiação de Dinaldinho Wanderley, ex-DEM, ao Partido Social da Democracia Brasileira.

Sabe o que aconteceu com o auxiliar do Palácio da Redenção, que ocupava o posto de gerente de Acompanhamento e Formação do Orçamento Democrático, da 6ª Região: foi exonerado, conforme Diário Oficial do Estado eletrônico desta quarta (11).

Entenda o caso e veja abaixo o que Wendell Oliveira escreveu:

“Tem besta pra tudo nesse mundo e ainda sobra um pra tocar gaita. Os babões de Cássio aqui da região de Patos poderiam colocar nesses comentários três obras estruturantes de Cássio para a região, só três, digam. Infelizmente na política é preciso entrar no mar de lama da política e se juntar com cachorro e urubu para uma composição. Pergunto quem é Dinaldinho. Ah! É o médico derrotado nas últimas eleições, filho do ficha suja que quase acabou com Patos. Ricardo Coutinho não precisa desses que estão maculando sua administração na saúde de Patos”.

Agora, o ato governamental que colocou o gerente do Orçamento Democrático de Patos no olho da rua:

O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, R E S O L V E exonerar, a pedido, WENDELL OLIVEIRA DA SILVA, matrícula nº 170.966-6, do cargo em comissão de Gerente Regional de Acompanhamento e Formação do Orçamento Democrático da Sexta Região, Símbolo CGF-2, da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão.

                                      wendell

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.