FATO INÉDITO: Procuradores cruzam os braços nesta quarta-feira

Nesta quarta (4), o que já é bem ruim vai ficar muito pior. Os procuradores de Estado da Paraíba vão cruzar os braços, como forma de advertir o governo estadual e, consequentemente, alertar a sociedade sobre os graves problemas que ameaçam a carreira.

Sobre essa paralisação, a informação chega ao signatário do blog através da assessoria da Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba (Aspas). O ponto de concentração de atividade será o Centro de Convivência da entidade que congrega os procuradores.

Fica localizado no térreo da Ordem dos Advogados do Brasil – secção da Paraíba -, no centro de João Pessoa. A partir das 9 horas, os procuradores da ativa associados à entidade darão início a uma série de atividades, incluindo a entrega oficial de um documento no Palácio da Redenção, com pedido de audiência ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e a apresentação de uma pauta de reivindicação da categoria.

                                                concurso

Veja algumas das reivindicações:

1 – Construção de uma sede própria para a Procuradoria Geral do Estado (o prédio onde está instalado o órgão está interditado pela Justiça Trabalhista);

2 – Realização urgente de concurso público;

3 – Melhores condições de trabalho;

4 – Revisão salarial;

5 – Respeito às prerrogativas constitucionais da carreira.

O movimento acontece no instante em que a categoria enfrenta a maior crise de sua história.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.