Presidente do PSC/Paraíba expõe preocupação com o IDH

O presidente estadual do PSC, ex-senador Marcondes Gadelha (foto), demonstrou preocupação com o lugar ocupado pela Paraíba no ranking do IDH divulgado esta semana. “Considero inaceitável que a Paraíba ocupe o quinto pior lugar entre as 27 unidades da federação”.

Em entrevista na tarde de hoje, Marcondes avaliou os números “expõem problemas sérios principalmente no tocante à educação. Temos investimento na educação, mas os recursos não estão surtindo o efeito desejado. Talvez devamos avaliar nossas políticas educacionais”, observa Marcondes.

Para o ex-senador, a situação é ainda mais preocupante “quando levamos em conta a tradição intelectual do nosso estado. A Paraíba sempre foi um berço de intelectuais de destaque nacional e não podemos aceitar essa situação incômoda, pra dizer o mínimo”.

Em números gerais, os índices apresentados pelo estado também são motivo de preocupação para Marcondes. “Temos apenas 5 cidades paraibanas com IDH alto e nenhuma com indicador muito alto. Isso representa 2% dos nossos municípios. Número muito abaixo da média nacional que aponta algo em torno de 30% das cidades com IDH alto”.

Presidente do PSC na Paraíba, Gadelha evoca o slogan do partido, o ser humano em primeiro lugar, para salientar que o “IDH é exatamente a reprodução objetiva da qualidade de vida do ser humano. Colocaremos a melhora desses indicadores como um dos principais objetivos do partido. Traremos idéias que promovam a melhoria da qualidade de vida no estado e o consequente aumento nos índices”.

Marcondes vai além e garante que o partido fará constar o tema IDH do programa de governo da legenda. “Temos um plano de governo em construção e a melhora do IDH passa a ocupar lugar de destaque nas nossas propostas”. Aliado a isto, Marcondes revelou que passará a “acompanhar de perto a evolução do IDH no estado. Não podemos assistir de forma passiva a Paraíba ocupando essa posição caudatária exatamente em um levantamento que reflete a qualidade de vida das pessoas”, finalizou.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.