Sobre corte de salários, mortes e convocação da direção do IPEP

A assessoria de Comunicação do deputado Raniery Paulino, novo líder da bancada do PMDB, divulgou nota acerta da revelação da presidente do Sindicato do IPEP, Tânia Bezerra. Ela subiu no banco da praça para informar a morte de 18 servidores ocorrida depois que o governador Ricardo cortou salários.
O texto anota que o parlamentar protocolou requerimento para a realização de uma audiência pública na Assembleia para debater essa questão: “Queremos convocar a presidente do IPEP, Maria da Luz, para debatermos essa questão…”.
“… O que não podemos aceitar é essa tragédia que está acontecendo com os servidores. Precisamos tomar providências”.
Paulino também subiu no banco da praça: “O governador precisa entender que ele foi eleito, que não passou em concurso público pra ter estabilidade e fazer no que bem entende, passando inclusive por cima dos servidores…”.
“… E não é apenas o pessoal o IPEP, não. Várias outras categorias estão passando por grandes dificuldades, em função de perseguição”.
Os cortes ocorrem de forma ilegal “e 18 colegas não suportaram a pressão deixando seqüelas em alguns entre o período de janeiro de 2011 a dezembro de 2012”, contou Tânia.
É preocupante.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.