Ministro do governo petista vira a cara para petistas paraibanos

Causou revolta dos petistas paraibanos a atitude do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, cuja indicação para o cargo é da cota do presidenciável Eduardo Campos, presidente nacional do PSB do governador paraibano Ricardo Coutinho.
O ministro visitou o município de São José de Piranhas. O deputado Anísio Maia (PT-foto) pediu a “cabeça” de Bezerra. “Não faria nenhuma falta. Afinal, vem da indicação de um partido (PSB) que será nosso futuro adversário da campanha presidencial”, justificou.
Quem primeiro reagiu, antes de Anísio, foi o ex-deputado Jeová Campos (PT). Ele tem atuação política na região. “Isso é que chamamos uma verdadeira falta de consideração”, declarou.
“Não agüentamos mais esse ministro (…). Acho que ele é o responsável por todo esse desastre nas obras de transposição…”.
“… A presidente tem que tomar providências rápidas para não pagar culpa por ele”, proclamou Anísio.
Esta pensando que ficou só nisso? Anísio avançou na justificativa do pedido de exoneração do ministro Fernando Bezerra e chegou a defender uma investigação dos atos dele no Ministério da Integração Nacional:
“É preciso investigar o caso das cisternas de plástico. Ele (Bezerra) procurou uma empresa aliada sua para fabricar esses equipamentos e acabou se transformando em desastre (…). A presidente não pode acumular esse fiasco”.
Houve quem dissesse que o governador Ricardo Coutinho foi quem impediu a presença dos petistas na comitiva do ministro.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.