Vereador que contrariou o partido será expulso; mandato corre risco

Bira Pereira vai ter pouco tempo para exercer a função de líder da bancada do governo municipal, pois haverá de estar ocupado, ou preocupado, em defender o mandato parlamentar. Será declarado expulso do PSB depois do carnaval, conforme deixou transparecer o presidente estadual Edvaldo Rosas. “Foi esse caminho que ele (Bira) escolheu”. Pior do que o afastamento definitivo da legenda será encarar o processo de perda do mandato, cuja ação está pronta para ser encaminhada pela suplente Sandra Marrocos e o próprio partido. “O vereador escolheu esse caminho”, reiterou Rosas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.